Suspensão de Prazos da Comarca de Gaspar

Relação de portarias suspendendo os prazos processuais:

Vara Portaria N° Data Teor
Direção do Foro Portaria Conjunta n. 1/2017 05/06/2017 Suspende os prazos judiciais e o expediente externo do foro judicial da comarca de Gaspar.
Direção do Foro Portaria n. 13/2016 16/03/2016 Suspende os prazos processuais e o expediente judicial e extrajudicial da Comarca de Gaspar no dia 18 de março de 2016
Direção do Foro Portaria n. 78/2015 05/11/2015 Suspende os prazos judiciais e o expediente externo do foro judicial da comarca de Gaspar no período de 7 a 30 de novembro de 2015.

1ª, 2ª e 3ª Varas

Portaria Conjunta n. 01/2014 06/10/2014

Suspende os prazos processuais no período de 10 a 13 de outubro de 2014, na comarca de Gaspar.

Direção do Foro

Portaria n. 23/2014 12/03/2014

Suspensão dos prazos processuais e do expediente judicial e extrajudicial no dia 18 de março de 2014, na comarca de Gaspar.

Direção do Foro

Portaria n. 101/2013 21/09/2013

Suspende os prazos processuais e as atividades forenses e dos cartórios extrajudiciais na Comarca de Gaspar, no dia 23/09/2013.

Direção do Foro

Portaria n. 114/2012 08/11/2012

Suspende as atividades e os prazos extrajudiciais, no Tabelionato de Notas e Ofício de Protesto de Título da comarca de Gaspar, no dia 08-11-2012.

2ª Vara Portaria n. 7/2012 28/05/2012

Suspende os prazos forenses na comarca de Gaspar nos dias 28 e 29/05/2012.

Direção do Foro

Portaria n. 32/DF/2011 9/9/2011

Prorroga os termos da Portaria n. 31/DF/2011, para os dias 12 e 13/9/2011.

Direção do Foro

Portaria n. 031/DF/2011 8/9/2011

Suspende as atividades nos foros judicial e extrajudicial, os prazos processuais e as audiências designadas na comarca de Gaspar, nos dias 8 e 9-9-2011.

Unidades Jurisdicionais 76/2008 1/12/2008  
1ª Vara Cível 02/2007 5/9/2007  
1ª e 2ª Varas; Cartório Criminal e Executivos Fiscais 08/2004 20/09/2004 1. Suspender a fluência dos prazos processuais a partir do dia 20 de setembro de 2004.2. O restabelecimento dos prazos dar-se-á mediante nova portaria, quando findo o movimento grevista.3. As audiência já designadas realizar-se-ão normalmente. Ressalva-se no entanto, de que não serão computados por ocasião e em razão da realização das audiências, o início da contagem de qualquer prazo - que se encontram suspensos por força desta Portaria -, quer os que venham a ser estabelecidos judicialmente, quer ainda aqueles eventualmente previstos pelo próprio procedimento, de qualquer natureza de causa que seja, e cujo respectivo feito possa ter realizada audi~encia durante a vigência desta Portaria.