Nota fiscal de remessa de material
Formas de Remessa de Materiais

Todo material requisitado é passível de remessa, seja por meios próprios (veículo próprio), malote ou transportadora.
Transportadora - quando se tratar de materiais de maior porte, na impossibilidade de remessa por malote, serão utilizados os serviços de transportadora. Neste caso, atendendo critérios internos do contrato de prestação de serviços, deverá ser observado o peso mínimo para remessa de 20 kg.
Malote - quando se tratar de materiais de pequeno porte que possam ser remetidos através do malote, será adotado este procedimento.
Utilização do serviço de remessa por meio de veículo próprio do TJ: utilizarão este serviço as unidades administrativas do poder judiciário localizadas nos municípios de florianópolis, biguaçú e são josé.
Utilização do serviço de remessa por meio malote ou transportadora: foros das demais comarcas.

Instruções para remessa de materiais entre o almoxarifado e as unidades do poder judiciário localizadas nos municípios de florianópolis, biguaçú e são josé e vice-versa:

Tribunal de Justiça - a entrega dos volumes dos materiais se dará no piso térreo do tj, mediante protocolo à die, que providenciará posteriormente a distribuição à unidade requisitante. A die será responsável também, pelo recolhimento dos volumes dos materiais nas unidades requisitantes, com destino ao almoxarifado central.
Foro da Capital - a entrega dos volumes dos materiais se dará ao serviço de manutenção do fórum, que providenciará posteriormente a distribuição à unidade requisitante. O serviço de manutenção do fórum será responsável também, pelo recolhimento dos volumes dos materiais nas unidades requisitantes, com destino ao almoxarifado central.
Foros distrital do continente, Norte da Ilha, Biguaçú e São José - a entrega dos volumes dos materiais se dará à secretaria do foro, mediante protocolo. A secretaria do foro será responsável também, pelo recolhimento dos volumes dos materiais nas unidades requisitantes, com destino ao almoxarifado central.

GTM (Guia de Transporte de Material)
A GTM é um recurso criado para facilitar as operações de transporte de mercadorias efetuado pelo poder judiciário. À divisão de almoxarifado, possibilitará o controle ideal e à transportadora, a facilidade e agilidade no recebimento pelos serviços prestados.
É um documento que reflete as informações cadastradas no sistema do almoxarifado relativas ao transporte de materiais, tais como o número da notal fiscal, peso, origem, destino, material, etc.
Impressão - após a cadastramento da nota fiscal avulsa no sistema de almoxarifado o servidor deverá acessar no menu a opção gtm e imprimi-la em uma via.
Somente de posse da guia e da nota fiscal avulsa, a transportadora efetuará a coleta.