Notícias da AJ
Voltar

AJ dá início a Curso Oficial de Formação para 32 novos juízes

Iniciou-se nesta quinta-feira (16), na Academia Judicial, o Curso Oficial de Formação Inicial para os 32 juízes recém empossados. O curso tem duração de três meses e combina aulas teóricas, prática processual e visitas que possibilitam contato com instituições e órgãos relacionados às atividades do Judiciário catarinense.

Na abertura, que teve a presença de magistrados integrantes da atual e da futura administração, o desembargador Luiz Cézar Medeiros - diretor-executivo da AJ - deu as boas-vindas ao grupo, explicou os próximos passos a serem dados pelos vitaliciandos e recomendou a eles que mantenham o sorriso de hoje no enfrentamento das dificuldades futuras, registrando a emoção contida nos sorrisos durante a cerimônia de posse (no dia 15 de janeiro).

O desembargador Paulo Henrique Moritz Martins - que assumirá o cargo de diretor-executivo da AJ no final deste mês - sugeriu que os novos juízes valorizem desde já a experiência, pois mais tarde perceberão que os anos de prática lhes fizeram diferença.

Presidente eleito do TJSC, o desembargador Ricardo Roesler destacou que o jurisdicionado do Estado e mesmo do País está acostumado à qualidade dos serviços prestados pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que terá continuidade com os novos integrantes. Destacou, ainda, a Academia Judicial como referência nacional.    

Além das autoridades mencionadas, participaram da solenidade o corregedor-geral do foro extrajudicial, desembargador Roberto Lucas Pacheco; a corregedora-geral da justiça eleita, desembargadora Soraya Nunes Lins; o 1º vice-presidente eleito do TJSC, desembargador João Henrique Blasi; os juízes componentes do corpo diretivo da Academia, Janiara Maldaner Corbetta e Marcelo Carlin; a presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer; e o secretário-geral adjunto da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), juiz Fernando Cury.

Em seguida, teve início a primeira aula, ministrada pelo juiz catarinense Márcio Schiefler Fontes.