Informes

Voltar Reunião da CEJA com Ministro Marco Aurélio Buzzi, do STJ

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA), do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), reunida na tarde desta quinta-feira (3), foi prestigiada com a presença do ministro Marco Aurélio Gastaldi Buzzi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Sob a presidência da corregedora-geral da Justiça, desembargadora Denise Volpato, a comissão tratou de assuntos relevantes na área da infância e juventude.

A reunião contou ainda com o juiz-corregedor Mauro Ferrandin, do Núcleo V da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ); do promotor João Luiz de Carvalho Botega, representante do Ministério Público; da juíza Brigitte Remor de Souza May (de forma remota); da psicóloga Quele de Souza Gomes Santos; e da equipe de apoio administrativo da CEJA. A participação do ministro Marco Aurélio Buzzi abrilhantou o encontro, dadas as sensíveis reflexões e excelentes sugestões apresentadas a partir de sua vasta experiência na área da infância e juventude quando atuava na magistratura de Santa Catarina.

Entre outros temas, foram tratados assuntos relevantes como a realização da Semana de Audiências Concentradas Protetivas nas unidades judiciárias com competência na área da infância e juventude, marcada para acontecer de 21 a 25 de novembro de 2022, em atenção ao provimento do Conselho Nacional de Justiça n. 118, de 29 de junho de 2021. A produção de conteúdo de mídia interativo para disseminação do programa de apadrinhamento – afetivo e financeiro – de crianças e adolescentes em acolhimento institucional ou em famílias acolhedoras, com baixa probabilidade de retorno à família de origem ou de colocação em família substituta, também foi outro assunto abordado.