Voltar

Cejusc de Blumenau quer que pessoas tenham relação saudável entre crédito e consumo

Estreitar laços com a comunidade, promover o autodesenvolvimento e despertar o consumo consciente fazem parte dos objetivos do projeto PoupArte - A Arte do Consumo Consciente, do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Blumenau, que teve o formato adaptado por conta da pandemia de Covid-19 e vai ofertar a partir deste mês grupos reflexivos on-line quinzenais aos jurisdicionados. Haverá revezamento entre temas relacionados à gestão financeira pessoal e familiar, apoio psicológico e autoconhecimento. Os encontros serão gratuitos e cada grupo comportará até 100 pessoas.

O primeiro, com duração prevista de uma hora, terá como tema "Diagnóstico: Organização das Receitas e Despesas", e será ministrado pelo consultor financeiro Ronaldo Saito na próxima quinta-feira (12/8), às 20h, através da plataforma Zoom. O anúncio da novidade ocorreu nesta semana durante uma live no Instagram (@quiteriaperes) com participação do especialista, da coordenadora adjunta do Cejusc Blumenau, juíza Quitéria Tamanini Vieira Péres, e do professor do curso de Psicologia da Furb Rodrigo Diaz de Vivar y Soler.

"O objetivo é amparar as pessoas que se encontram financeira e psicologicamente abaladas em decorrência do que estamos vivendo hoje e das questões do superendividamento também. Com orientação financeira e apoio da psicologia, vamos focar na qualidade de vida. Desenvolver uma cultura do consumo consciente e do planejamento financeiro. Tudo isso visando a qualidade de vida da pessoa", salientou Saito.

O segundo grupo reflexivo contará com o conhecimento do professor do curso de Psicologia da Furb Rodrigo Diaz de Vivar y Soler e o terceiro grupo será com a coach, terapeuta e treinadora organizacional Juliana Schmitz, parceiros do projeto PoupArte. O objetivo do setor de Cidadania do Cejusc de Blumenau é criar dinâmicas com a comunidade para que as pessoas possam estabelecer uma relação mais saudável entre crédito e consumo.

"É importante deixar claro que ao participar deste projeto todos vamos aprender. Quando a pessoa se manifestar com o propósito de participar, não apenas vai aprender algo que será útil para ela como vai aprender dicas, informações e insights que podem ajudar outras pessoas com quem se relaciona", ressalta a magistrada ao propor que as pessoas divulguem o projeto.

Sobre o projeto

Lançado em 2019, o PoupArte - A Arte do Consumo Consciente, do Cejusc, conta com a parceria de um consultor financeiro, uma especialista em comportamento e do curso de Psicologia da Universidade Regional de Blumenau (Furb). Para frear o consumo exagerado que gera endividamento, o objetivo do projeto é abordar a educação financeira, aspectos comportamentais e emoções que estão por trás dos hábitos de consumo. Em novembro do ano passado, um encontro para tratar sobre educação financeira e a relação das pessoas com o consumo e as dívidas ocorreu no salão da igreja Santo Estevão, com a comunidade do bairro Salto do Norte.

Imagens: Divulgação/Freepik
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.