null Golpistas aplicam novo golpe usando nome do Tribunal de Justiça catarinense

Mais um golpe envolvendo o nome do Tribunal de Justiça de Santa Catarina está sendo registrado no Oeste. Os estelionatários se dizem servidores do TJSC e entram em contato via WhatsApp ou ligação telefônica a fim de contratar serviço de motorista. O argumento é que o profissional do fórum está afastado com Covid-19. A história segue dizendo que um depósito já foi efetuado em valor superior ao combinado e, por isso, precisam do estorno via Pix.

Também há relatos de empresários que foram procurados para transporte de documentos do fórum e que R$ 1.000 teriam sido depositados antecipadamente de maneira equivocada. Nesta ocasião o golpista usava o nome de “Luiz Antonio” e pedia pela devolução do valor.

Ocorrências foram registradas em Seara, Xanxerê e Chapecó entre esta quarta (8/9) e quinta-feira (9/9). O Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do TJSC orienta a quem receber contato parecido que registre boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima para apuração dos fatos e identificação dos suspeitos.

O Poder Judiciário de Santa Catarina reforça que não faz contato telefônico ou via aplicativo de conversas para contratação de serviços. Como órgão público, as compras e contratos necessitam ser efetuados por licitação.​

Ouça o nosso podcast.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.