Voltar

Homem acusado de crime por motivação passional é absolvido em sessão do júri no Oeste

A primeira sessão do Tribunal do Júri realizado nesta semana na comarca de Chapecó, na última segunda-feira (5/10), resultou na absolvição do réu após os jurados não reconhecerem sua autoria pelo crime que era acusado: tentativa de homicídio qualificada por motivo torpe e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. A sessão foi presidida pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira. Na acusação, atuou o representante do Ministério Público, promotor de justiça Alessandro Argenta. E, na defesa, esteve o advogado Alexandre Santos Correia de Amorim.

O crime ocorreu na noite do dia 9 de dezembro de 2017, no interior do município. Segundo a denúncia, a vítima estava com o pé quebrado e foi abordada pelas costas. A vítima conseguiu fugir, mas foi alcançada novamente pelo agressor, que desferiu quatro golpes de faca. O homem foi socorrido por populares. O motivo da violência teria sido passional: ambos namoraram a mesma mulher. O réu, que foi interrogado pela internet já que aguardava julgamento recolhido ao presídio local, foi posto em liberdade após a leitura do veredicto (Autos número 0004795-25.2018.8.24.0018).

Próxima sessão

O próximo júri acontece nesta quarta-feira (7/10), a partir das 13h30, e julgará outra tentativa de homicídio. Dessa vez contra seis pessoas, dentre elas um bebê de um ano de idade, uma criança de nove anos e um adolescente de 14 anos. De acordo com informações levantadas durante o processo, as seis vítimas foram alvos de disparos de arma de fogo efetuados por um vizinho com quem houve desentendimento no dia anterior. As balas atingiram o veículo e a residência da família. Na fuga, o agressor tropeçou e, com a queda, abandonou o revólver. O crime ocorreu no dia 28 de setembro de 2018, por volta de 14h10, no bairro Pinheirinho, em Chapecó (Autos número 0010299-12.2018.8.24.0018).

Ouça o nosso podcast.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.