null Motorista acusado de atropelar e matar menina de 9 anos vai a júri no Vale do Itajaí

O motorista acusado da prática de dois crimes de homicídio qualificado pelo emprego de recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa da vítima, um na forma tentada e outro na forma consumada, será julgado pelo Tribunal do Júri da comarca de Brusque, no Vale do Itajaí. A sentença de pronúncia foi prolatada nesta semana (11/10) pelo juiz Edemar Leopoldo Schlosser, da Vara Criminal da comarca de Brusque.

O crime aconteceu no dia 17 de julho deste ano, no bairro Cedro Alto. Ao fazer uma ultrapassagem em local proibido, o motorista teria avançado para local destinado ao uso de pedestres e atingido mãe e filha. A menina de nove anos foi arremessada a uma distância de cerca de 20 metros e caiu ao solo já sem vida. A mãe sobreviveu ao atropelamento. Segundo denúncia do Ministério Público, o condutor do veículo fugiu sem prestar socorro. Ele teria consumido bebidas alcoólicas e também feito uso de substância entorpecente no dia do acidente.

O réu, que responde ao processo em prisão preventiva, teve negado o direito a recorrer em liberdade como forma de acautelar a ordem pública, diante da gravidade concreta dos delitos pelos quais foi pronunciado. Ainda não há data definida para o julgamento. A decisão é passível de recurso e o processo tramita em segredo de justiça.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.