Voltar

Palestras sobre a LGPD alcançam áreas Administrativa e Judiciária do TJ catarinense

A desembargadora Denise de Souza Luis Francoski proferiu, nesta segunda-feira (28/9), palestras sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais aos servidores das Direções-Gerais Administrativa e Judiciária, como parte do programa de conscientização iniciado no mês de setembro. A desembargadora é coordenadora do Comitê Gestor de Proteção dos Dados Pessoais (CGPDP) e encarregada pelo tratamento de dados pessoais no Poder Judiciário de Santa Catarina.

Na última semana, as palestras foram dedicadas aos servidores da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI). Eles terão importante papel na implementação da LGPD no Tribunal de Justiça, visto que grande parte do tratamento de dados pessoais realizado na instituição está associada aos inúmeros sistemas em operação. Participaram dos encontros, realizados nos dias 21 e 22 de setembro, 125 servidores da DTI. Eles foram convidados a responder um questionário composto de 17 perguntas, que possibilitará ao TJ identificar os dados pessoais e realizar as mudanças necessárias nos seus processos e sistemas.

Até o momento já participaram das palestras de sensibilização mais de 240 pessoas entre magistrados e servidores, e foram contabilizados 227 questionários respondidos. Na programação desta semana, ainda participarão das palestras de conscientização sobre a LGPD e terão a oportunidade de responder ao questionário os servidores das diretorias de Saúde e de Engenharia e Arquitetura.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.