Voltar

PJSC volta a ter posição de destaque em todos os indicadores de produtividades do CNJ

A atualização mais recente dos painéis de produtividade mantidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que o Poder Judiciário de Santa Catarina liderou todos os indicadores voltados à prestação jurisdicional entre os tribunais de médio porte na última semana: a Justiça catarinense produziu 21,4 mil sentenças; 30,8 mil decisões; 54,5 mil despachos e 1,5 milhão de atos cumpridos por servidores entre os dias 25 e 31 de maio. O volume de sentenças foi o maior registrado pelos magistrados do Estado desde que as atividades passaram a ocorrer integralmente em regime de home office, na segunda quinzena de março.

Em relação aos movimentos processuais realizados nas 11 semanas em análise, Santa Catarina já soma 15,1 milhões de atos. O Estado só é superado por São Paulo, que conta com o maior tribunal do mundo em volume de processos. Outro indicador mostra o Poder Judiciário catarinense em posição de destaque também quanto aos valores repassados para a compra de equipamentos e insumos no combate ao novo coronavírus (Covid-19): foram distribuídos R$ 537,9 mil em contribuições na última semana, a segunda maior quantia observada entre os tribunais estaduais. Desde o início da pandemia, a soma das contribuições da Justiça catarinense já passa da marca de R$ 15,1 milhões, a terceira maior quantia do país entre os tribunais estaduais.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.