Dicas de avaliação
Voltar Guia de avaliação de servidores em trabalho não presencial

Durante o ano de 2020, o contexto da pandemia da Covid 19 levou os servidores do Poder Judiciário catarinense a desempenharem suas atividades de forma remota. Após a regulamentação do home office, resultante de importantes estudos e da escuta de experiências vivenciadas neste ano, os servidores têm a possibilidade de atuar formalmente em dois regimes de trabalho não presencial, o Teletrabalho e o Home Office, podendo optar, com a concordância do gestor da unidade, pelo que melhor se adeque ao seu perfil e às necessidades da equipe.

Diante dessa nova realidade, algumas dúvidas podem surgir no momento de avaliar servidores que não desenvolvem suas atividades presencialmente.

Assim, para auxiliar os gestores no momento de avaliar os servidores que atuam remotamente, foi criado o Guia Prático de Avaliação de Servidores em Trabalho Não Presencial, disponibilizado no Portal do Servidor. Nele são apresentadas considerações sobre os quesitos presentes nas avaliações de desempenho e de estágio probatório, buscando auxiliar na interpretação e compreensão das questões no contexto desses regimes de trabalho.

Para esclarecer dúvidas no momento de avaliar, acesse o Guia Prático de Avaliação de Servidores em Trabalho Não Presencial.

Elaboração
Diretoria de Gestão de Pessoas
Divisão de Desenvolvimento de Pessoas