Dicas de gestão
Voltar Comunicação e feedback

A comunicação é um pilar de sustentação para qualquer organização e principalmente, para qualquer relação interpessoal.

Trata-se de um processo dinâmico e contínuo que permite aos membros da organização trabalhar em conjunto, cooperar e interpretar as necessidades e as atividades diárias.

Quando falamos em comunicação sempre aparece o termo feedback. Esse termo é comumente utilizado no sentido de comunicarmos a outra pessoa nossa percepção sobre algo que se fez ou disse, ouvindo também seu ponto de vista, por isso o seu significado "retroalimentação". 

O feedback está presente em nosso dia a dia, em nossas relações interpessoais, porém, na maioria das vezes, ele não ocorre de forma consciente, planejada ou organizada.

Por isso, diante de sua importância para o desenvolvimento dos servidores e consequentemente da organização, é fomentada a realização de reunião de feedback durante o período da avaliação de desempenho semestral dos servidores.

Nesta reunião, espera-se que o gestor apresente sua percepção sobre o desempenho, destacando acertos e definindo, em conjunto com o servidor, ações necessárias para a melhoria dos aspectos que apresentam oportunidades de desenvolvimento.

"O feedback é uma via de mão dupla que, para ser eficaz, precisa ser bem entendido, tanto por quem aplica, como por quem recebe". (ALBUQUERQUE, 2015)

Algumas atitudes podem contribuir para que o feedback favoreça o desenvolvimento. São elas:

  • Para quem dá o feedback: planejar os tópicos a serem abordados; realizar a reunião em momento propício e local reservado; ser específico e não generalizar; ser explicito e claro; ser franco, porém sem agressividade ou menosprezo; ouvir e estar aberto a percepções distintas das suas.
  • Para quem recebe o feedback: ouvir sem interromper para justificar; apresentar sua percepção objetiva sobre o fato; buscar conhecer a percepção de outros colegas sobre alguma atitude sua; estar aberto a sugestões e disposto a mudanças.

A indiferença é tão significativa quando a inexistência do feedback. Quem realmente busca melhorar, tanto como profissional, quanto como pessoa, não fica indiferente, mas reflete em todos os sentidos sobre o que recebeu e procura, se possível, melhorar o ponto discutido. (MARTINELLI, 2006).

Para saber mais sobre o feedback, o Portal do Servidor traz, nas Dicas de Avaliação, uma dica específica sobre este tema. Aproveite!

 

Elaboração:
Diretoria de Gestão de Pessoas
Divisão de Desenvolvimento de Pessoas
 
Referências:
ALBUQERQUE, Fábio. Feedback como via de mão dupla na gestão de pessoas. Extraído de Lourdes Rodrigues, in Gazeta Mercantil/Caderno C - Pág. 9 em http://gecorp.blogspot.com.br/2007/08/feedback-como-via-de-mo-duplana-gesto.html, Acesso em 08 dez 2019.
MARTINELLI, Joacir. Feedback: Dicas para dar e receber, Instituto Jetro, 2006. Disponível em: <http://www.institutojetro.com/artigos/4/gestao-de-pessoas/678/feedback-dicas-para-dar-e-receber>. Acesso em 08 dez 2019.