Dicas de gestão
null Resiliência e Criatividade

O ano de 2020 ganhou contornos inesperados. A pandemia do novo coronavírus trouxe desafios para nossas vidas pessoais e profissionais, bem como mudanças bruscas em inúmeras organizações. Nesse contexto, os colaboradores do Poder Judiciário de Santa Catarina buscaram se adaptar, muitas vezes superando as expectativas.

Esta capacidade de lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão denomina-se resiliência. O indivíduo resiliente é o que melhor se adapta a situações de desafio, estresse ou mudança, por compreender novos contextos e concentrar esforços para gerar resultados positivos. A capacidade de manter-se em equilíbrio após enfrentar acontecimentos intensos ou inesperados é valorizada em um profissional, pois são estes que conseguem lidar melhor com situações desafiadoras. (KARNAL, 2020)

Outra competência cada vez mais valorizada é a criatividade, capacidade base para a inovação. Segundo Guilford (1950), a criatividade se diferencia da inteligência. Para ele, a busca de alternativas por meio de pensamentos não lineares é o que leva à solução de problemas não estruturados e, por consequência, à criação de algo novo (Stersi & Hernandes, 2011).

Também pode ser definida como a imaginação aplicada para resolver problemas (Gun, 2020). Podemos escolher entre a memorização, que consiste na repetição de padrões, e a imaginação, quando se cria uma nova possibilidade.

Assim, ao longo de 2020, aprendemos a compreender mais rapidamente as necessidades de mudanças e utilizar a criatividade para nos adaptar e descobrir que uma dificuldade pode se transformar em uma oportunidade se olharmos a situação de maneira diferente. A adaptabilidade, no contexto do trabalho, é a capacidade de se moldar de acordo com as situações enfrentadas, sabendo escolher a melhor forma possível de agir, falar e tomar decisões de acordo com as particularidades de cada contexto. (KARNAL, 2020)

A pandemia trouxe significativos impactos para todos, mas também demonstrou que o ser humano é capaz de superar adversidades, modificar hábitos e descobrir novas oportunidades para evoluir. Além disso, diante da necessidade de nos reinventarmos, aprendemos que, acima de tudo, a vida, a saúde e o bem-estar das pessoas sempre devem estar em primeiro lugar.

Assim, dentre erros e acertos, estamos mais preparados para continuar crescendo e construir o ano de 2021 com mais consciência, resiliência e criatividade.

Elaboração
Diretoria de Gestão de Pessoas
 
Referências
GUILFORD, J. P. Creativity. American Psychologist. 1950.
GUN, Murilo.  Palestra Criatividade na Feira do Empreendedor. Sebrae-SP: 2020.
KARNAL, Leandro. Competências profissionais, emocionais e tecnológicas para tempos de mudança. PUCRS online. 2020
STERSI, F. & HERNANDEZ, F. Alternativas de atuação na educação: um caminho para a criatividade. In S. M. Wechsler & V. L. T. Souza (Orgs.) Criatividade e aprendizagem: Caminhos e descobertas em perspectiva internacional. São Paulo: Edições Loyola. 2011.