Dicas de saúde
Voltar Câncer de próstata: previna-se

A incidência de câncer de próstata é maior em homens acima de 50 anos. Porém, depois dessa idade, torna-se mais comum a cada década. Por isso, fazer exames de detecção precoce após essa idade é importante.

Os exames mais comumentes realizados para se detectar esse tipo de câncer, precocemente ou não, são o toque retal, o exame de ultrassonografia transretal e o exame de PSA (antígeno prostático-específico).

Uma dieta rica em frutas, legumes, verduras e pobre em gorduras, principalmente de origem animal, parece estar associada a uma diminuição no risco para esse tipo de câncer. Algumas substâncias têm sido apontadas como responsáveis por esse fator de proteção. Os estudos com Vitamina E, Vitamina D, Selenium e Licopeno (este último presente nos tomates), na sua forma natural ou como suplementação dietética, são os mais consistentes em demonstrar essa associação.

Importante salientar que quinze por cento (15%) dos homens que têm câncer de próstata possuem um familiar de primeiro grau com essa doença. Por isso, ter pai, irmão ou filho com esse tipo de tumor requer mais urgência na realização dos exames.