Dicas de saúde
null Saúde mental e qualidade de vida

Sabe-se que o cotidiano do trabalho influencia diretamente a vida e as emoções dos servidores, seja de forma positiva ou negativa. O exercício profissional pode, por vezes, ocasionar desgaste à saúde mental e física do trabalhador.

Embora pesquisadores renomados, como o psiquiatra e psicanalista Christophe Dejours, não correlacionem o surgimento de transtornos mentais (1) ao contexto laborativo, não se pode negar que certas formas de organização do trabalho, sob certas condições, podem ter alto teor patogênico.

É preciso levar em conta, entretanto, a interferência de fatores de fragilização pessoal (2) ao analisarem-se os sintomas que emergem no ambiente profissional. A qualidade de vida, a saúde mental e o contexto de trabalho estão intimamente relacionados.

Veja como cuidar de sua saúde mental no trabalho.

  1. Faça pausas durante seu expediente e pratique atividades físicas nos momentos de lazer. O exercício ajuda a liberar endorfina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar.
  2. O autoconhecimento é uma ótima estratégia de prevenção ao adoecimento emocional. Ao saber de suas próprias fragilidades e potencialidades, você desenvolve autoconfiança, e a probabilidade de que questões relativas ao trabalho o atinjam é menor. Como exemplo de práticas que auxiliam no autoconhecimento citam-se a meditação, a ioga, a psicoterapia e a leitura de obras edificantes.
  3. Respeite seus limites. A sobrecarga de trabalho é fator estressógeno que pode levar ao adoecimento.
  4. Invista na comunicação. Muitos dos problemas que ocorrem no ambiente de trabalho estão relacionados à falha na comunicação. Procure conversar com seus colegas e expor o que o(a) incomoda.
Elaboração
Erika Medeiros Braz - CRP: 12/03939
 
Notas
(1) Segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANMT), os transtornos mentais mais comuns associados ao trabalho são depressão, transtorno de pânico, ansiedade e síndrome de burnout.
(2) Exemplos de fatores que podem contribuir com a fragilização pessoal são as reações, tanto físicas quanto psicológicas, desencadeadas por este momento de pandemia. Leia mais sobre o assunto.
 
Fontes
CLEIN, C.; TONELLO, R.; PESSA, S. L. R. Influência do ambiente de trabalho na saúde física e emocional do trabalhador: estudo ergonômico em uma fábrica de máquinas industriais. Revista ADMpg: Gestão Estratégica, Ponta Grossa, v. 7, n. 1, p. 53-59, 2014.
ALCÂNTARA, V. L. C.; ANDRADE, V. L. P.; SILVA, Y. V. Saúde mental e a relação entre qualidade de vida e ambiente de trabalho. Cadernos de Psicologia, Juiz de Fora, v. 1, n. 2, p. 696-713, ago./dez. 2019.