Dicas de saúde
null Tabagismo

O Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado em 29 de agosto, no qual se reforça a atenção contra o tabagismo, doença que acomete muitas pessoas e que traz sérias consequências à saúde. 

É fato que o consumo de tabaco causa dependência química pela ação da nicotina, com enormes consequências ao organismo, tanto no aspecto físico quanto mental. Além disso, o fumo torna a pessoa mais exposta e desprotegida para infecções causadas por inúmeras patologias, entre elas o covid-19.

A pandemia de covid-19 nos alertou para aumentar os cuidados com a saúde e pode ser um estímulo para dar um fim ao ato de fumar. Ainda que a pandemia tenha causado estresse social e econômico e que cessar um hábito que está fortemente enraizado em você seja um desafio enorme, há muitos motivos que podem influenciar o ato de parar de fumar.

É fácil parar de fumar? Não, não é! De todo o modo, há atitudes que podem auxiliar nesse processo, tais como:

  • determinação: não é simples abandonar um hábito, ainda mais se for de longo tempo, porém, da mesma forma como foi desenvolvido, pode ser substituído, sendo necessárias prática e persistência;
  • marcar uma data: isso lhe permitirá se planejar e lidar melhor com as consequências de parar de fumar;
  • cortar gatilhos do fumo: observar quais situações geram mais vontade de fumar, ou que precedem esse comportamento, a fim de substituí-las por outras que tragam os benefícios pretendidos;
  • escolher um método: para algumas pessoas pode ser melhor parar aos poucos (e reduzir os efeitos da abstinência), para outras pode ser fazer de uma vez só (e não procrastinar);
  • encontrar substitutos saudáveis: atividade física auxilia no manejo da ansiedade e, consequentemente, diminui a necessidade de fumar; há alimentos que ajudam a lidar com a vontade de fumar (como frutas e legumes, água e bebidas não alcoólicas; por outro lado, café e álcool reforçam essa vontade); e
  • encontrar apoio: amigos e familiares podem ajudar nessa empreitada, assim como profissionais de saúde, tais como médicos(as), psicólogos(as), nutricionistas e educadores(as) físicos(as). 

Os benefícios adquiridos após a cessação do hábito de fumar são extraordinários e quase que imediatos.

Veja algumas razões que podem motivar o seu despertar para dar um basta ao tabagismo.

  • Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal.
  • Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue.
  • Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza.
  • Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor.
  • Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros, e o paladar já degusta melhor a comida.
  • Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil, e a circulação melhora.
  • Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido à metade.
  • Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Seja forte e comece a curar o seu corpo.

Liberte-se desse hábito.

Respire a vida.

Fontes:
https://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-parar-de-fumar/confira-os-10-passos-para-parar-de-fumar
Elaboração:
Enfermeira Lairis Hulse
Seção de Pronto Atendimento/DAS/DS