Diretoria de Saúde
Junta Médica

A Junta Médica Oficial é responsável pela emissão de Laudo de Inspeção de Saúde que especifica a(s) deficiência(s) e necessidades particulares de cada novo servidor.

Os candidatos devem comparecer à perícia médica munidos de laudo médico emitido até 30 (trinta) dias antes da realização da referida perícia, que ateste a espécie, o grau ou o nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência, conforme determinado previamente no edital de concurso público, e de exames complementares que comprovem a deficiência.

Para melhor caracterização da doença, o laudo emitido pela Junta Médica Oficial deve fornecer detalhes sobre as limitações funcionais da pessoa na prática, ou seja, a deficiência ou sequela (física, auditiva, visual ou intelectual).

Este laudo subsidiará ações de outras unidades da equipe multidisciplinar para o atendimento das necessidades de acessibilidade, de tecnologia assistiva e de adaptação razoável ao ambiente de trabalho.

Seção de Ergonomia

A Seção de Ergonomia tem como objetivo analisar e adequar os postos de trabalho dos colaboradores do PJSC quanto aos possíveis vetores patológicos que possam desencadear afecções osteomusculotendíneas por má postura, sobrecarga ou uso inadequado do equipamento.

Frente ao projeto Integra TJSC, cabe à Seção de Ergonomia realizar avaliação ergonômica do posto de trabalho de servidores PcDs, de acordo com as necessidades específicas de cada um deles, sendo que o acompanhamento ergonômico poderá ser iniciado no momento das entrevistas de acolhimento e identificação de necessidades.

A avaliação ergonômica do posto de trabalho do servidor engloba diversos fatores ambientais dentre eles o conforto término e de luminosidade, a correta disposição dos equipamentos  e regulagem do mobiliário.

Dados os muitos tipos de deficiência, sejam elas de locomoção, cognitiva, sensorial ou psíquica, cabe a análise personalizada de cada indivíduo, a fim de possibilitar um ambiente adequado para que possa desempenhar suas atividades com conforto e segurança, valorizando sua capacidade laborativa.

A adequação do posto de trabalho do servidor ocorrerá em estreita parceria e colaboração com o setor de informática, patrimônio, engenharia e arquitetura, de acordo com cada caso.

Além da adequação do posto de trabalho, cabe à Seção de Ergonomia orientar o servidor quanto às pausas necessárias durante sua jornada de trabalho, a realização de alongamentos e exercícios laborais que colaboram para a sensação de saúde e bem-estar.

O acompanhamento dos servidores com deficiência pela Seção de Ergonomia é de caráter perene, permanecendo à disposição para orientações e apoio durante toda sua permanência no PJSC, em uma constante busca por novas tecnologias, conhecimentos e ferramentas que transponham sua limitação e promovam sua saúde.