Estágio de ensino médio
O que é

O estágio não obrigatório de Ensino Médio é a atividade desenvolvida pelo estudante de ensino médio em ambiente real de trabalho, proporcionando-lhe experiência profissional.

No âmbito do Poder Judiciário de Santa Catarina, as vagas são destinadas exclusivamente à Secretaria do Tribunal de Justiça e aos estudantes devidamente matriculados e que comprovem frequentar o curso de Nível Médio em Instituição de Ensino conveniada (Instituições de Ensino conveniadas), com idade mínima de 16 (dezesseis) anos e máxima de 21 (vinte e um) anos.

O valor da bolsa de estágio é R$ 550,00 com direito ao auxílio transporte de R$ 150,00, totalizando R$ 700,00.

A duração do estágio é de 1 ano, com possibilidade de prorrogação, por igual período, por interesse das partes, desde que esteja frequentando o ensino médio até o final da vigência.

É assegurado ao estagiário, sempre que o estágio tenha duração igual a 1 (um) ano, período de recesso remunerado de 30 (trinta) dias, que deverá ser gozado em um único período, iniciando-se no primeiro dia do recesso forense do Poder Judiciário.

Nos casos em que o estágio tiver duração inferior a 1 ano, os dias de recesso serão concedidos proporcionalmente.

Haverá pagamento proporcional referente ao descanso remunerado não usufruído quando houver desligamento do estágio antes do prazo previsto.

Nos casos em que o estágio tiver duração inferior a 1 ano, serão recuperados os valores proporcionais ao período de recesso usufruído antecipadamente.

A contratação à vaga de estágio será efetuada através de processo seletivo mediante Sistema de Estágio que levará em conta o desempenho escolar aferido pela média das notas obtidas nas disciplinas de Português, Matemática, Física, Química e Biologia do último bimestre cursado.

O processo seletivo será realizado sempre que houver interesse de preenchimento de uma vaga, podendo acontecer em qualquer época do ano.

A seleção dos alunos PCD - Pessoas Com Deficiência será realizada observando-se o percentual de 10 % (dez por cento) do total de vagas.

Somente no caso de convocação para vaga de "PCD" é que o candidato deverá apresentar o laudo pericial (formulário fornecido pelo PJSC) emitido por médico assistente atestando a condição de "pessoa com deficiência". O laudo pericial, atestando a condição alegada, será submetido à homologação da Junta Médica do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e à análise da Diretoria de Gestão de Pessoas. 

Formulário
  • Inscrição - Ensino Médio (Para acessar a inscrição, será necessário ter um usuário e senha, caso não tenhas, clique em "Cadastrar-se")
Mais informações

Seção de Terceirizados e Estagiários
Divisão de Gestão de Cargos
Diretoria de Gestão de Pessoas
E-mail: dgp.estagiarios@tjsc.jus.br
Telefone: (48) 3287-7550