Cúpula encerra semana virtual com juízes do litoral norte para reforçar união do PJSC

A Presidência do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) realizou nesta quinta-feira (30/7) mais uma videoconferência para estreitar a distância e garantir a comunicação com os magistrados catarinenses. Desta vez, o encontro on-line reuniu juízes das comarcas de Itapema, Balneário Piçarras, Navegantes, Porto Belo, São João Batista e Tijucas. Em pauta estiveram o diálogo e a aproximação da nova gestão com as comarcas, em reforço ao sentimento de pertencimento de todos.

Na abertura da reunião, o desembargador Ricardo Roesler reforçou a alta produtividade dos magistrados, lamentou o encontro não se realizar de forma presencial por conta da pandemia, que alterou os planos da nova gestão de visitar todas as 111 comarcas do Estado, e agradeceu pela solidariedade dos magistrados neste período de mudanças e adaptações como o trabalho remoto.

"Em respeito à saúde dos servidores, magistrados, advogados e usuários do sistema judicial, tomamos todas as medidas necessárias. A continuidade da prestação jurisdicional e a alta produtividade de magistrados e servidores só foram possíveis em razão de duas vertentes: a compreensão, dedicação e competência profissional dos servidores e magistrados e os avanços tecnológicos obtidos sobretudo nos dois últimos anos", ressaltou o presidente da Corte.

O 1º vice-presidente do PJSC, desembargador João Henrique Blasi, também salientou que o objetivo principal da reunião era ouvir o que os magistrados têm a dizer. "Com o uso da tecnologia encurtamos distâncias; nosso propósito é ouvir as demandas, pleitos e sugestões vindas de vocês."

Participaram da reunião a corregedora-geral da Justiça, desembargadora Soraya Nunes Lins; os juízes auxiliares da Presidência Carolina Ranzolin, Claudio Eduardo Regis de Figueiredo e Silva; o juiz-corregedor Rodrigo Tavares Martins; o coordenador de Magistrados, juiz Rafael Germer Condé; e a presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer.

Confira a consideração dos magistrados sobre o encontro on-line:

 

"A iniciativa da alta cúpula do Tribunal de Justiça em ouvir todos os magistrados do Estado representa o interesse na efetiva solução das questões que ainda necessitam ser resolvidas, em especial porque cada juiz tem a oportunidade de externar suas aflições e permitir que se conheçam as realidades locais" - Juiz Marcelo Trevisan Tambosi, diretor do foro da comarca de Itapema

 

Nesse momento de grave crise, sanitária e econômica, causada pela pandemia, mesmo o saber das ciências não pode fazer previsões. E onde o saber das ciências termina, começa a dimensão da responsabilidade, individual e coletiva. Por isso, agradecemos à Alta Administração do Poder Judiciário catarinense pelo trabalho coletivo, responsável e prudente, que vem sendo feito para a preservação daquilo que há de mais importante, a saúde de todos, com manutenção e crescente produtividade dos serviços judiciais que são essenciais à sociedade" - Juiz Iolmar Alves Baltazar, diretor do foro da comarca de Balneário Piçarras

 

"O encontro virtual promovido pela Administração do Tribunal de Justiça demonstra que tanto a Presidência quanto a Corregedoria-Geral da Justiça estão firmes no seu propósito de manter um diálogo franco e aberto com o primeiro grau de jurisdição. A preocupação em ouvir cada um dos presentes para conhecer os anseios e as dificuldades enfrentadas no dia a dia é iniciativa que merece todos os elogios" - Juiz Daniel Lazzarin Coutinho, diretor do foro da comarca de Navegantes

 

"O encontro fez encurtar as distâncias e ter a certeza do amplo diálogo entre as comarcas e o Tribunal, com o sentimento de acolhimento por parte da Presidência e da Corregedoria nos anseios da magistratura de primeiro grau" -  Juíza Janiara Maldaner Corbetta, diretora do foro da comarca de Porto Belo

 

"A reunião foi bastante proveitosa e, apesar de realizada em meio virtual, sentimo-nos próximos. Serviu para a apresentação das medidas adotadas neste período de pandemia, bem como seus resultados, já verificados. A comarca de São João Batista não apresentou pleitos neste momento, pois entende que todos os esforços devem ser direcionados à continuidade da prestação jurisdicional de qualidade e a manter os compromissos financeiros existentes. Por fim, devemos agradecer ao Desembargador Presidente e ao corpo diretivo o cuidado que demonstram com juízes, servidores e jurisdicionados na condução e adoção de medidas administrativas e sanitárias, visando preservar a saúde e bem-estar de todos" - Juíza Maria Augusta Tridapalli, diretora do foro da comarca de São João Batista 

 

"Sobre a videoconferência, agradeço à Presidência e à Corregedoria-Geral da Justiça. A condução serena e responsável nesse momento difícil, através de orientações e determinações transparentes, construídas sobretudo pelo permanente diálogo como este experimentado na reunião virtual, tranquiliza juízes e servidores acerca das medidas que estão sendo tomadas para o futuro retorno gradativo e cuidadoso ao trabalho presencial" -  Juiz Mônani Menine Pereira, diretor do foro da comarca de Tijucas

Imagens: Divulgação/TJSC
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.