Voltar

Desembargador Júlio César de Melo comemora republicação de livro histórico de 1926

O desembargador Júlio César Machado Ferreira de Melo, neto do jornalista Osvaldo Melo, comemora neste mês o relançamento do livro "O Heroísmo da Humildade", escrito em 1926 por seu avô. "Ele foi um visionário, autodidata, culto e extremamente humilde para aquela época dos anos 20. Ao escrever esta grandiosa obra, marcou a vida da cidade de Florianópolis e do Estado de Santa Catarina. Acredito que precisamos continuar preservando a nossa história catarinense e quem contribuiu com o engrandecimento dela", enaltece o desembargador.

A obra, com temática espírita, foi relançada recentemente durante as comemorações dos 75 anos da Federação Espírita Catarinense (FEC), da qual Osvaldo foi fundador. Nesta obra, o autor destaca a virtude da humildade como força motriz para deter vícios e iniciar um processo de transformação moral.

Com 142 páginas e narrada no início do século 20, a obra continua atual e revela a complexidade das relações humanas na busca da solução de conflitos. O livro destaca, de forma fictícia, uma trama que envolve o desembargador Rogério e o advogado Léo na cidade de Florianópolis, antes da construção da ponte Hercílio Luz.

Na opinião do desembargador, as pessoas esquecem com facilidade das lideranças que contribuíram para o desenvolvimento de Santa Catarina. "Raramente lembramos de ícones do nosso Estado. Gravamos na memória lideranças de outras regiões e até países, mas não daqui. Este livro traz uma lembrança importante para todo o Estado de Santa Catarina. Trata-se da valorização de um catarinense que nos traz muito orgulho", revela o desembargador.

Currículo

Nascido em Florianópolis, Osvaldo Melo foi jornalista, escritor e orador; esteve envolvido na política, foi funcionário da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), membro da Academia Catarinense de Letras (ACL) e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (IHGSC), além de maçom. Foi redator e diretor de vários jornais de Florianópolis e assíduo frequentador das páginas de revistas e jornais espíritas editados no país.

Além do livro "Heroísmo e Humildade", também são de sua autoria as obras "Epístola aos Espíritas" e "Sobrevivência e Comunicação dos Espíritos". Além disso, em abril de 1945 fundou a Federação Espírita Catarinense, na qual exerceu a presidência até 1968.

Desembargador escritor

O desembargador Júlio César Machado Ferreira de Melo tem quatro livros publicados. Sua última obra, lançada em junho deste ano, chama-se  "Crime Organizado & Delação Premiada - com as alterações do Pacote Anticrime (Lei 13.964/2019)". Trata-se de um retrato de sua trajetória acadêmica mesclado com sua experiência nos julgamentos da 3ª Câmara Criminal do TJSC.

Imagens: Divulgação/TJSC
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.