Diretores de foro formam equipes regionais de apoio para fiscalizar serventias em SC

Juízes da 2ª Região Judiciária (Criciúma, Lauro Müller e Orleans), bem como da 4ª Região (Joinville e Jaraguá do Sul) e da 8ª Região (Itá e Seara), com base no Código de Normas da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), designaram servidores para apoiá-los nas correições ordinárias periódicas.

A medida é vista com bons olhos no Tribunal de Justiça, pois o § 1º-A do artigo 12 do Código de Normas da CGJ autoriza expressamente juízes diretores de foro da mesma região judiciária a editar portaria conjunta para formação de equipes de correição com servidores de suas comarcas.

Essa iniciativa de atuação conjunta de servidores de uma mesma região judiciária, aliás, é bastante enfatizada na execução do projeto "Correições Ordinárias Gerais de 2019", ocasião em que assessores da CGJ realizam intercâmbio de conhecimentos durante suas atividades de fiscalização.

Imagens: Arquivo/TJSC
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.