Voltar

Presidente do TJSC reúne-se com magistrados de 10 comarcas da região do Vale

Magistrados de 10 comarcas das regiões do Vale do Rio Tijucas e do Vale do Itajaí estiveram nesta segunda-feira (23/9) reunidos com o presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), desembargador Rodrigo Collaço, no fórum da comarca de Itajaí. O encontro com os juízes serviu para que o presidente do Judiciário agradecesse o comprometimento de todos, para esclarecer dúvidas e para apresentar as ações implementadas ou em andamento.

Em agosto de 2019, o TJSC recebeu o maior número de processos da história que, segundo o presidente do Judiciário, é consequência da produtividade dos juízes. "Agradeço o apoio e a dedicação dos colegas, porque sabemos que não é fácil ser juiz de 1º grau. Excesso de trabalho, falta de servidores e o acúmulo de outras atribuições são algumas das dificuldades encontradas. Assim, a meta foi melhorar a condição de trabalho nas comarcas e desde o início da gestão realizamos o provimento de 1.159 servidores e magistrados para o Estado", explicou o presidente.

A distribuição começou pelas comarcas mais críticas. Segundo um estudo do TJSC, cada Vara precisa ter no mínimo sete servidores. Com isso, a comarca de Itajaí está recebendo 12 profissionais. O mesmo deve acontecer com os cartórios que atendem mais de uma Vara. Em Balneário Camboriú, por conta disso, duas unidades serão desdobradas.

O Tribunal também investe em tecnologia para corrigir discrepâncias e para dar celeridade aos processos. "Dentro de pouco tempo, cada magistrado poderá acompanhar o andamento e o desempenho de qualquer unidade do Estado por meio de um sistema que será disponibilizado. O número de entrada, de arquivados, de servidores, por exemplo, além de outros parâmetros que poderão ser criados pelos magistrados", ressaltou o desembargador Rodrigo Collaço.

Para o corregedor-geral do foro extrajudicial do TJSC, desembargador Roberto Lucas Pacheco, o investimento na qualificação dos servidores fez a diferença. "Ampliamos os números de inspeções e passamos a verificar os procedimentos nos tabelionatos e nos registros de imóveis. Assim, a fiscalização conseguiu identificar irregularidades que dificilmente eram percebidas", destacou o corregedor.       

O encontro também contou com as presenças da juíza auxiliar da presidência Carolina Ranzolin Nerbass Fretta; do juiz auxiliar da presidência Rafael Maas dos Anjos; do diretor do foro de Itajaí, juiz Ademir Wolff; da representante da 12ª Coordenadoria da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Cláudia Ribas Marinho; do chefe da Casa Militar, coronel Emerson Fernandes, entre outras autoridades. As comarcas presentes: Balneário Camboriú, Brusque, Camboriú, Itajaí, Itapema, Balneário Piçarras, Navegantes, Porto Belo, São João Batista e Tijucas.

Frases

"Gostaria de agradecer o aprimoramento das assessorias. Além do aumento na produtividade, o ânimo de toda a equipe melhorou muito".

Representante da 12ª Coordenadoria Regional da AMC, juíza Cláudia Ribas Marinho.

 

"Com os servidores que estão ocupando estes 12 cargos, a comarca de Itajaí fica muito bem servida. Dentro em breve todas as varas terão no mínimo sete servidores, conforme a orientação. Apesar do volume de trabalho ser grande, com mais colaboradores fica mais fácil de administrar a demanda".

Diretor do foro de Itajaí, juiz Ademir Wolff.

 

"Importante o trabalho que o Tribunal realiza em escutar as demandas das unidades, com o compartilhamento das situações. Os assessores, por exemplo, deram força de trabalho que podemos transformar em mais qualidade".

Juiz Mauro Ferrandin

Imagens: Divulgação/TJSC
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.