Voltar

Réu acusado de tentar matar vizinho enfrentará júri na comarca de São Bento do Sul

Um homem acusado de invadir a casa de um vizinho, em São Bento do Sul, e atirar quatro vezes contra a vítima - embora apenas um dos disparos tenha acertado o alvo -, estará sentado no banco dos réus na próxima sexta-feira (9/10), para ser julgado pelo crime de tentativa de homicídio.

A denúncia do Ministério Público sustenta que o ato foi motivado por vingança, uma vez que o réu suspeitou que o vizinho acionara a polícia para se deslocar até o bairro Lençol, onde ambos moravam, com o objetivo de averiguar sua conduta no local. Ele invadiu a casa da vítima acompanhado por dois outros homens. O vizinho, após ser alvejado no antebraço esquerdo, conseguiu fugir e buscar socorro médico.

A sessão de julgamento, prevista para as 9 horas, será presidida pela juíza Olívia Carolina Germano dos Santos. Ela ocorrerá conforme os protocolos de segurança ditados pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, com cuidados redobrados para a preservação da saúde de todos os envolvidos, especialmente dos jurados.

Apenas os participantes da sessão terão acesso ao salão do júri, com o uso de máscaras. Entre outras medidas, haverá disponibilização de álcool em gel e luvas plásticas para manuseio das cédulas.

Atualmente, o réu está recolhido no Presídio de Mafra. Os dois comparsas que o acompanhavam no dia do crime não foram identificados pelas testemunhas. Motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima são agravantes levantados pelo MP na denúncia (Autos n. 0003340-02.2018.8.24.0058).

Ouça o nosso podcast.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.