Voltar

Vara da Infância e Juventude da comarca de Lages julga ato infracional em duas semanas

O juiz Ricardo Alexandre Fiúza, da Vara da Infância e Juventude da comarca de Lages, julgou em 15 dias ato infracional análogo ao crime de roubo praticado por adolescente em município da região serrana. Nesse período singular e de trabalho em sistema home office, as ferramentas digitais ajudaram a tornar o procedimento um dos mais céleres da unidade.

As audiências por videoconferência, por exemplo, têm sido bastante eficazes para agilização na tramitação processual. As pessoas podem participar de onde estiverem por meio do programa Conecta-PJSC.

A sessão de apresentação judicial ocorreu uma semana depois de decretada a internação provisória do adolescente em centro de atendimento socioeducativo.  Na semana seguinte, houve a audiência de instrução e julgamento. Algumas testemunhas residentes em outra comarca da região também foram ouvidas por videoaudiência. O adolescente foi considerado responsável pelo ato infracional e permanecerá em cumprimento da medida socioeducativa de internação. 

Imagens: Divulgação/Comarca de Lages
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

Copiar o link desta notícia.